Porque nem só de cartas vive o homem…II

1Entrou no autocarro com um semblante pesado, nada que eu não estivesse habituado a ver, mas neste caso a face era demasiado jovem e demasiado bonita para estar assim.

– Para onde vai? Perguntei eu?

– Para qualquer lugar, respondeu-me num tom baixinho. – Na verdade não tenho destino, quero apenas entrar e sentar-me um pouco.

Por momentos pensei que pudesse ser uma qualquer maluca, dessas que se ouve falar no noticiário das 20h, mas o meu instinto dizia-me que ali não havia perigo, havia sim muita tristeza.

– O autocarro só parte daqui a 20 minutos, disse eu, mas se quiser pode sentar-se um pouco, e logo decide se quer ir para algum lado.

– Obrigado, disse ela sem grande entusiasmo.

Espero não me estar a meter em nenhuma alhada, pensei eu baixinho enquanto a observava pelo retrovisor. Sentou-se a meio do autocarro e começou a chorar. Oh que caraças… era mesmo o que me faltava, uma maluca com um desgosto qualquer e no meio de tanto autocarro entra logo no meu. De repente veio-me à cabeça a minha Matilde, esta rapariga tem idade para ser minha filha, também não custa nada perguntar se ela precisa de ajuda ou assim. Levanto-me e lentamente começo  a caminhar na sua direcção, na minha cabeça ecoa um pensamento, “tá mas é quieto Antunes deixa a maluca da mão!”, ignorei este pensamento e sentei-me no banco à frente do dela.

– Sabe que tenho uma filha que deve ter a sua idade. Não gostava nada que ela entrasse assim num autocarro sozinha a esta hora, e muito menos que estivesse a chorar. Não tenho a ver com isso, mas confie em mim menina, mesmo sendo apenas um simples condutor de autocarro, já vivi muito nesta vida, todos os dias vejo pessoas tristes, apaixonadas, preocupadas, sem dinheiro, apanho de tudo. Não há nada que o tempo não cure, não há nada que não se resolva com uma boa noite de sono.

– Obrigado.

– Ora essa menina, não fiz nada!

– Preocupou-se, e isso neste momento é muito importante para mim.

– Mas passa-se algo de grave consigo? Tem algum problema de saúde?

– Não necessariamente…é um problema de coração partido…

– Oh menina então é por isso que está a chorar?! Então está tudo bem…olhe eu casei 3 vezes, apaixonei-me umas 9 e tive apenas 1 grande amor, e estou aqui rijo. Sabe o que lhe digo, não há dor maior nem melhor, nem mais merecida que a dor do amor. É a única dor que nunca me vou importar de ter na vida, e olhe que já vivi qualquer coisinha. Se alguém faz chorar uma carinha tão bonita, das duas uma; ou é parvo ou não merece que a menina chore por ele! Vá chore lá tudo que isso amanhã já está melhor.

– Boa noite Antunes, está frio ou quê?!

– Olhó Fernandes, vieste cedo hoje rapaz!

– Tive de passar na farmácia e saí mais cedo.

– Olha estava aqui a falar com esta menina, que tem uma dor de coração.

– Eh lá, então e não vai ao médico?

– É outro tipo de dor ó caramelo!

– Ahhh, isso passa moça. Olhe estou casado faz para o mês que vem 35 anos! Amo a minha Eduarda como ninguém, mas comi o pão que o diabo amassou por aquela mulher! Foram 3 anos, 3 anos até a convencer a sair comigo. Sofri muito mas no fim valeu a pena. 3 filhos 4 netos e uma companheira como não há igual, acredite que sofreria tudo de novo! Mas a menina ainda é tão nova, vai ver que rapidamente isso passa e vai encontrar alguém que a mereça.

– Sim, talvez tenham razão…

– Não é talvez menina é como lhe digo! Sabia que o Antunes já foi casado 4 ou 5 vezes?

– Foram 3 vezes pá, quais 4 ou 5.

– Pronto foram 3 vezes, mas a verdade é que ainda está vivo, ninguém morre de amor. E você não vai ser a primeira! Toca a arribar que esta vida é curta, e quando der por si já está com 60 anos e com dor nas costas.

A moça sorriu, quem diria que a entrada neste autocarro a deixaria um pouco mais animada. Quando entrou procurava ir para algum lugar sem destino, quando sair o destino continuará incerto, mas pelo menos leva um sorriso e a alma mais leve.

-Ó Antunes e o Sporting pá..é este ano?

– Acho que não é desta ainda…..

– E a menina o que acha do Sporting? Perguntou Fernandes piscando o olho.

– Acho que o treinador não é mau, mas a direcção não percebe muito daquilo, respondeu-lhe a rapariga.

– Olha querem ver que temos aqui uma entendida em bola, tás a ver Antunes é isto que eu te digo sempre, aquele presidente estava bem era calado!

– O Sporting sim menina é caso para choro, tudo o resto é levar com calma que se resolve!

……….

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s